segunda-feira, 24 de outubro de 2011

LISTA DE EXERCÍCIOS - 9º ANO

LISTA - 9º ANO
OBS: SE VOCÊ PREFERIR, SOLICITE UMA CÓPIA VIA EMAIL : michelmbll@hotmail.com ( Não esqueça de mencionar a turma) Abraços.
1-      Um ponto material de massa 5 kg é abandonado de uma altura de 45 m num local onde g = 10 m/s2. Calcular a velocidade do corpo ao atingir o solo.(30 m/s)
2-      Um esquiador de massa 60 kg desliza de uma encosta partindo do repouso, de uma altura de 50m. Sabendo que sua velocidade ao fim da encosta é de 20 m/s, calcule a perda de energia devida ao atrito. ( 18000J)
3-      Um corpo de massa m = 2kg e velocidade v = 5 m/s se choca com uma mola de constante elástica 20000 N/m. O corpo comprime a mola até parar. Desprezando os atritos,
a)      qual é a energia potencial armazenada na mola? (25J)
b)      qual a deformação sofrida pela mola? (0,05m)
4-      Na prova de salto com vara, um atleta de 60 kg de massa desenvolve uma velocidade de 10 m/s para saltar. Considerando que toda energia cinética desenvolvida é utilizado no salto, calcule a maior altura que o atleta pode teoricamente atingir. Adote g = 10 m/s2 . (5 m)
5-      Uma bola de borracha com massa m = 2 kg é abandonada em repouso à altura  h = 5,0 m, caindo sobre o solo. A energia perdida no choque é E = 20 J. Calcule a altura atingida pela bola depois do choque. ( 4 m)
6-      Um carrinho de brinquedo, de massa 1 kg, é comprimido contra uma mola e a seguir é abandonado no ponto A (no solo). A mola faz com que o carrinho se movimente ao longo de um trilho sem atrito , conseguindo atingir o ponto B do trilho ( 1 metro do solo), aonde chega com velocidade nula.
            Sabendo-se que a constante elástica da mola é 2000 N/m e g = 10 m/s2, determine a deformação que o carrinho produziu na mola. ( 0,1 m)

7-      O Recorde olímpico do salto com vara é aproximadamente 6 m de altura. Considerando que, nesse caso, o atleta tenha conseguido transformar toda a sua energia cinética da corrida de impulso para o salto em energia potencial gravitacional ao traspor o obstáculo ( sarrafo), calcule a sua velocidade imediatamente antes de fincar a vara no solo para iniciar o salto. ( ≈ 11 m/s)

8-       Uma bala de revólver é disparada verticalmente para cima e atinge a altura máxima de 4000 m acima do ponto de disparo. Considere g = 10 m/s2 e despreze a resistência do ar. Determine a velocidade com que a bala saiu do cano do revólver.  (≈ 282 m/s)
9-      Um corpo é lançado do alto de um prédio de 80 m de altura, verticalmente para cima, com velocidade inicial de 50 m/s. Determine a altura máxima alcançada em relação ao solo. ( 205 m)

10-  Uma garota puxa uma caixa de massa 10 kg ao longo de 8 m de uma superfície horizontal onde o atrito é desprezível. A força exercida pela garota é horizontal, tem intensidade de 120 N e a caixa está inicialmente em repouso.
a) Determine o trabalho realizado pela garota. O que esse trabalho causará na caixa? (960 J)
b) Calcule a energia cinética final da caixa. ( 960 J)
11-  Um veículo de massa 840 kg percorre uma estrada reta horizontal a 72 km/h. Subitamente, são aplicados os freios reduzindo a velocidade para 36 km/h. Calcule o trabalho da força exercida pelos freios nessa variação de velocidade. ( - 126 000J)
12-  Um projétil de massa 10 g, com velocidade de 400 m/s dirigida horizontalmente atinge uma placa de madeira e penetra 20 cm nela antes de parar. Calcule o módulo da força média de resistência oferecida pela madeira ao movimento da bala. ( 4000 N)
13-  Uma partícula sujeita a uma força constante de 2,0 N, move-se sobre uma reta. A variação da energia cinética da partícula entre os pontos, A e B, é igual a 3,0 J. Calcule a distância entre A e B. ( 1,5 m)
14-  Ao serem bombeados pelo coração em regime de baixa atividade física, 200 g de sangue adquirem a velocidade de 30 cm/s. Com o aumento da atividade física, esta mesma quantidade atinge a velocidade de 60 cm/s. Nessas condições, calcule, em joules, a variação de trabalho realizado pelo coração. ( 0,027 J)


Nenhum comentário:

Postar um comentário